Não haverá impossíveis

Porque para Deus não haverá impossíveis, em todas as suas palavras. Há algumas semanas, devido a momentos de dor e tristeza que minha família e eu temos enfrentado, parei para ouvir essa canção.

Em meio às minhas já costumeiras reflexões, surgiu algo novo. Eu ainda não havia reparado desta forma: a gente, quase sempre, enxerga este “impossível” como algum milagre ou ato, proveniente de Deus, que altere, de forma sobrenatural, aquela situação que estamos enfrentando. Mas não é sempre que o “impossível” se revela a nós dessa forma.

Porque para Deus não haverá impossíveis, EM TODAS AS SUAS PALAVRAS. Note bem: TODAS. Não sobra espaço para exclusão. Para Deus, tudo aquilo que Ele disse tem potencial para se fazer real em nós e por meio de nós. É exatamente por isso que não é impossível para nós amar como Ele amou, nem mesmo fazer coisas tão grandiosas e até maiores que as que Jesus fez. Pode parecer muito distante da sua realidade, e da minha também, mas o Pai enxerga mesmo esse potencial em nós.

Você pode não conhecer todas as palavras de Jesus, mas com certeza já ouviu em algum lugar uma coisa que Ele falou: no mundo, vocês terão aflições, problemas, angústias. Mas animem-se: eu venci o mundo! Reparem bem: em meio às dificuldades, nos é humanamente impossível manter o ânimo e seguir. Mas Jesus nos deixou tal conselho. Logo, para Deus, não é impossível que a gente faça assim.

Ele venceu e superou as dores do mundo. Sendo Deus, Jesus escolheu se diminuir, se fazer pequeno por nós, e experimentou as dores de existir.  E nós muitas vezes achamos que o “impossível” é sermos poupados da dor, quando Ele mesmo veio mostrar que tal “impossível”, que por meio dEle se torna possível, é na maioria das vezes encararmos e suportarmos a dor.

Nem mesmo da maior dor enfrentada pelo homem Jesus foi poupado: Ele enfrentou e suportou a dor da morte. Ele foi humilhado. Ele sofreu. E nos mostrou que é possível.

Não é fácil aceitar, mas o quanto mais cedo você se decidir por isso, melhor. Deus não vai (e nem disse que iria) te livrar de todas as dores da vida. Ele prometeu que iria te acompanhar e te ajudar a superá-las. E isso basta. É Graça. É o poder dEle se fazendo presente em nossa fraqueza. E isso, repito, basta!

Na Cruz, Jesus mostrou que o impossível pode se tornar possível.  Acredite!

Rafael Rocha
[email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *